Make your own free website on Tripod.com

Disciplina de Pós-Graduação: SEMINÁRIO DE ORIENTAÇÃO

NÚMERO DE CRÉDITOS: 04

NÍVEL: M/D

 

Programa de Pós-Graduação em Estudos Literários

UNESP – FCL/Araraquara

Docente: Profª Drª Karin Volobuef

 

 

 

 

Objetivos da disciplina

- ler e discutir narrativas do gênero maravilhoso publicas em antologias européias (da Itália, França, Alemanha), que foram importantes para a divulgação do gênero, para o estabelecimento de parâmetros para sua delimitação frente a outras manifestações literárias e para a valorização da criação cultural popular

- ler e discutir narrativas do gênero maravilhoso publicas em Portugal e no Brasil, dando-se atenção aos coletores e antologias mais significativas nesses países de língua portuguesa

- discutir aspectos históricos envolvendo a coleta dos contos e sua divulgação junto ao público

- discutir aspectos conceituais que envolvem a definição e constituição do gênero

- discutir aspectos formais e temáticos recorrentes no gênero maravilhoso

 

 

Programa das aulas

Dia

TÓPICOS DAS AULAS

LEITURAS

13.08.07

- Apresentação do Programa da disciplina

- Introdução geral a conceitos, problemas e aspectos do gênero maravilhoso e da pesquisa envolvendo a narrativa popular

---------------------

20.08

Os contos maravilhosos como gênero e estrutura

 

SIMONSEN, Michèle. O conto popular, p. 5-65;

TRAÇA, Maria Emília. O fio da memória, p. 23-73;

ROMERO: “A mulher e a filha bonita”

27.08

Giambattista Basile

 

BASILE: “Petrosinella”; GRIMM: “Rapunzel” (1994)

10.09

Charles Perrault

 

PER­RAULT: “Barba Azul”; PER­RAULT: “O Mestre Gato ou o Gato de Botas”; PER­RAULT: “As fadas”

17.09

Mme D'Aulnoy

 

D'AULNOY: “O pássaro azul”; D'AULNOY: “A bela dos cabelos de ouro”

24.09

Jacob e Wilhelm Grimm

 

GRIMM: “Os filhos de ouro” (1961-v.4); GRIMM: “O ladrão-mestre” (1994); GRIMM: “O príncipe e a princesa” (1994); GRIMM: “O bando de maltrapilhos” (1994); GRIMM: “O pobre moleirinho e a gata” (1994); GRIMM: “A ave de ouro” (1994); GRIMM: “A esperta filha do camponês” (1994); GRIMM: “Os animais do Senhor e os do Diabo” (1961-v.6)

01.10

Os contos maravilhosos em Portugal (Adolfo Coelho, Teófilo Braga, Zófimo Consiglieri Pedroso)

BRAGA: “O velho Querecas”; BRAGA: “A noiva formosa”; COELHO, A. “A sina”; COELHO, A. “A torre de Babilónia”; PEDROSO: “O ladrão da mão cortada”; PEDROSO: “A menina fina”

08.10

Os contos maravilhosos no Brasil (Silvio Romero, Lindolfo Gomes, Luís da Câmara Cascudo)

ROMERO: “O bicho manjaléu”; ROMERO: “Dona Labismina”; ROMERO: “Maria Borralheira”; ROMERO: “O papagaio do limo verde”; ROMERO: “A sapa casada”; ROMERO: “O matuto João”; GOMES: “Amante de repolhos”; GOMES: “A caveira vingativa”; CASCUDO: “O caboclo, o padre e o estudante”; CASCUDO: “O touro e o homem”

15.10

Personagens humanos nos contos maravilhosos

 

GRIMM: “A velha do bosque” (1961-v.1); GRIMM: “A luz azul” (1994); GRIMM: “Os sapatos estragados na dança” (1994); GRIMM: “Rei Bico-de-Tordo” (1994); COELHO, A. “A pele do piolho”; BRAGA: “A carpinteirazinha”; CASCUDO: “O espelho mágico”

22.10

Personagens animais nos contos maravilhosos

GRIMM: “O rei sapo ou Henrique de Ferro” (1994); GRIMM: “O voador” (1994); GRIMM: “A noiva branca e a noiva preta” (1961-v.2); GRIMM: “O burrinho“ (1961-v.2); COELHO, A. “O galo e o pinto”; GOMES: “O príncipe encantado”

29.10

O amor nos contos maravilhosos

GRIMM: “A serpente branca” (1961-v.7); GRIMM: “Como se repartem alegrias e sofrimentos” (1961-v.6); BRAGA: A rosa branca na boca”; COELHO, A. “O príncipe sapo” GOMES: “Os três cisnes”; CASCUDO: “A banda da coroa”

05.11

A moral nos contos maravilhosos

GRIMM: “O pobre rapaz na sepultura” (1961-v.5); “A filha da Virgem Maria” (1961-v.5); GRIMM: “Os guardas da sepultura” (1961-v.8); BRAGA: “O mágico”; COELHO, A. “O ovo partido”; ROMERO: “Dona Pinta”; ROMERO: “A onça e o gato”.

12.11

Os contos maravilhosos e a representação da realidade

GRIMM: “As três fiandeiras” (1994); GRIMM: “A escolha da noiva” (1961-v.7);COELHO, A. “O compadre lobo e a comadre raposa”; ROMERO: “A mulher dengosa”; CASCUDO: “Audiência do capeta”

19.11

A dimensão estética dos contos maravilhosos: possibilidades e tendências da pesquisa envolvendo contos de fadas

 

GRIMM: “As três linguagens” (1994); GRIMM: “O esquife de vidro” (1961-v.7); ROMERO: “Melancia e coco mole”; GOMES: “Os três irmãos e a prima rica”; CASCUDO: “A rainha e as irmãs”

26.11

Discussão de pesquisas dos alunos

 

 

 

 

BIBLIOGRAFIA

Antologias de contos maravilhosos

BASILE, Giambattista. Il Pentamerone ossia La fiaba delle fiabe tradotta dall'antico dialetto napoletano e annotata da Benedetto Croce. Bari: Gius. Laterza,1925. 2v.

BEAUMONT, Mme. de; D'AULNOY, Mme. de. A Bela e o monstro e outros contos. Tradução de Magda Bigotte de Fiqueiredo. Sintra: Colares Editora, s.d.

BEAUMONT, Mm. Leprince de; D’AULNOY Mme. La Belle et la Bêtte et autres contes. Montrouge: Libraire Générale Française, 1979. (Le Livre de Poche, 21).

BRAGA, Teófilo. Contos tradicionais do povo português. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1987. (Coleção Portugal de Perto, 14 e 15). 2 v.

CASCUDO, Luís da Camara. Contos tradicionais do Brasil. 8.ed. São Paulo: Global, 2000.

COELHO, Adolfo. Contos populares portugueses. Lisboa: Dom Quixote, 1985.

GOMES, Lindolfo. Contos populares brasileiros. 3. ed. São Paulo: Melhoramentos, 1965.

GRIMM, Irmãos. Contos e lendas dos Irmãos Grimm. Tradução de Íside M. Bonini. São Paulo: Edigraf, 1961, 8 v.

GRIMM, Jacob e Wilhelm. Contos de Grimm. Tradução de David Jardim Jr. Belo Horizonte: Villa Rica, 1994. (Grandes Obras da Cultura Universal, 16).

GRIMM, Brüder. Grimms Kinder- und Hausmärchen. Darmstadt: Wissenschaftliche Buchgesellschaft, 1999. 2 v.

PEDROSO, Consiglieri. Contos populares portugueses. São Paulo: Landy, 2001.

PERRAULT, Charles. Les contes de Perrault. Paris: Librairie Générale Française, 1987.

PERRAULT, Charles. Histórias ou Contos de outrora. Introdução, tradução e notas de Renata Cordeiro. São Paulo: Landy, 2004.

ROMERO, Sílvio. Contos populares do Brasil. Edição anotada por Luís da Câmara Cascudo. Rio de Janeiro: José Olympio, 1954.

ROMERO, Sílvio. Contos populares do Brasil. 2. ed. São Paulo: Landy, 2002.

Textos teóricos e críticos

ALMEIDA, Maria Inês de; QUEIROZ, Sônia. Na captura da voz: A edições da narrativa oral no Brasil. Belo Horizonte: A Autêntica; FALE/UFMG, 2004.

AMARAL, Amadeu. Tradições populares. 3. ed. São Paulo: Hucitec; Brasília: INL, 1982.

BOLTE, Johannes; POLÍVKA, Georg. Anmerkungen zu den Kinder- und Hausmärchen der Brüder Grimm. 2. Aufl. Hildesheim: Georg Olms Verlagsbuchhandlung, 1963. 6 v.

BRANDÃO, Adelino. A presença dos irmãos Grimm na literatura infantil e no folclore brasileiro. São Paulo: IBRASA, 1995. (Biblioteca literatura e arte, 75).

CANEPA, Nancy L. From Court to Forest: Giambattista Basile’s “Lo cunto de li cunti” and the Birth of the Literary Fairy Tale. Detroit: Wayne State University Press, 1999.

CORTEZ, Maria Teresa. Os contos de Grimm em Portugal. Coimbra: Minerva, 2001.

DARNTON, Robert. Histórias que os camponeses contam: O Significado de Mamãe Ganso. In: ______. O grande massacre de gatos e outros episódios da história cultural francesa. Trad. Sonia Coutinho. Rio de Janeiro: Graal, 1986. p. 21-101.

DUNDES, Alan. Morfologia e estrutura no conto folclórico. Trad. Lúcia Helena Ferraz, Francisca Teixeira e Sérgio Medeiros. São Paulo: Perspectiva, 1996. (Debates, 252).

ESTERL, Arnica; SOLMS, Wilhelm (Ed.). Tiere und Tiergestaltige im Märchen. Krummwisch: Königsfurt, 2005.

EUROPE, Paris, v. 739/740 (Charles Perrault), 1990.

EUROPE, Paris, v. 787/788 (Les Frères Grimm), 1994.

FRÜH, Sigrid; WEHSE, Rainer (Ed.). Die Frau im Märchen. Kassel: Erich Röth, 1985.

GUERREIRO, M. Viegas. Para a história da literatura popular portuguesa. Lisboa: Instituto de Cultura Portuguesa, 1978.

HEINDRICHS, Heinz-Albert; LOX Harlinda (Ed.). Als es noch Könige gab. München: Diederichs, 2001.

HEINDRICHS, Ursula; HEINDRICHS, Heinz-Albert (Ed.). Das Märchen und die Künste. Wolfsegg: Erich Röth, 1996.

JANNING, Jürgen et al. (Ed.). Vom Menschenbild im Märchen. Kassel: Erich Röth-Verlag, 1980.

JANNING, Jürgen; GOBYN, Luc (Ed.). Liebe und Eros im Märchen. Kassel: Erich Röth, 1988.

JOLLES, André. Formas Simples. Tradução Álvaro Cabral. São Paulo: Cultrix, 1976.

KARLINGER, Felix (Hrsg.). Wege der Märchenforschung. Darmstadt: Wissenschaftliche Buchgesellschaft, 1973. (Wege der Forschung, 255).

LÜTHI, Max. Once upon a Time: On the Nature of Fairy Tales. Tradução de Lee Chadeayne e Paul Gottwald. Bloomington: Indiana University Press, 1976.

LÜTHI, Max. The European Folktale: Form and Nature. Tradução de John D. Niles. Bloomington: Indiana University Press, 1986.

MARVELS & TALES - Journal of Fairy-tales Studies. Detroit (Wayne State Univ. Press).

MENDES, Mariza B. T. Em busca dos contos perdidos. São Paulo: Editora da UNESP; Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2000.

NEUHAUS, Stefan. Märchen. Tübingen: A. Francke Verlag, 2005.

PROPP, Vladimir. Morfologia do conto maravilhoso. Trad. Jasna Paravich Sarhan. Rio de Janeiro: Forense-Universitária, 1984.

______. As raízes históricas do conto maravilhoso. Trad. Rosemary Costhek Abílio e Paulo Bezerra. São Paulo: Martins Fontes, 1997.

RÖLLEKE, Heinz. Die Märchen der Brüder Grimm. 3. durchg.Aufl.  Bonn: Bouvier, 1992.

ROMERO, Sílvio. Estudos sobre a poesia popular do Brasil. 2.ed. Petrópolis: Vozes, 1977.

SCHERF, Walter. Lexikon der Zaubermärchen. Stuttgart: Alfred Kröner Verlag, 1982.

SIMONSEN, Michèle. O conto popular. Trad. Luís Claudio de Castro e Costa. São Paulo: Martins Fontes, 1987.

SORIANO, Marc. Les Contes de Perrault : Culture savante et traditions populaires. Paris: Gallimard, 1968.

THOMPSON, Stith. The Folklore. Berkeley: University of California Press, 1977.

TODOROV, Tzvetan. Introdução à literatura fantástica. São Paulo: Perspectiva, 1975.

TRAÇA, Maria Emília. O fio da memória: Do conto popular ao conto para crianças. 2. ed. Porto: Porto Editora, 1998. (Coleção Mundo de Saberes, 3).

VOLOBUEF, Karin. Um estudo do conto de fadas. Revista de Letras. São Paulo (UNESP), v. 33, p. 99-114, 1993.

WARNER, Marina. Da fera à loira: Sobre contos de fadas e seus narradores. Trad. Thelma Médici Nóbrega. São Paulo: Companhia das Letras, 1999.

ZIPES, Jack. Breaking the Magic Spell: Radical Theories of Folk & Fairy Tales. Lexington: The University Press of Kentucky, 1994.

ZIPES, Jack. Fairy Tale as Myth, Myth as Fairy Tale. Lexington: The University Press of Kentucky, 1994.

ZIPES, Jack (Ed.). The Oxford Companion to Fairy Tales. Oxford University Press, 2000.

 

 

Voltar à Página de Cursos

 

Voltar à Página Inicial