Make your own free website on Tripod.com

Disciplina de Pós-Graduação: MITO E MARAVILHOSO

NÚMERO DE CRÉDITOS: 08

NÍVEL: M/D

 

Programa de Pós-Graduação em Estudos Literários

UNESP – FCL/Araraquara

Docente: Profª Drª Karin Volobuef

 

 

 

PLANEJAMENTO GERAL

 

Programa das aulas

Dia

TEMAS DAS AULAS + LEITURAS

07.03.2005

- Apresentação do Programa da disciplina

 

14.03

- A figura do herói

 

Discussão dos textos:

- Perseu e Medusa (Brandão);

- resumo da lenda dos Nibelungos (Kohnen);

- O diabo e os três fios de cabelo (Grimm, 1994);

- O rei da montanha de ouro (Grimm, 1968);

- A noiva de verdade (Grimm, 1994);

- O filho das sete rainhas (Jacobs)

 

21.03

- A busca, as provações, o retorno

 

Discussão dos textos:

- A ave de ouro  (Grimm, 1994);

- A bola de cristal (Grimm, 1961);

 

28.03

- Aspectos dos Contos para o lar e as crianças (Grimm)

 

Discussão dos textos:

- O gênio da garrafa (Grimm, 1994);

- O pescador e o gênio (das Mil e uma noites)

- O pobre e o rico (Grimm, 1994);

- Parceria de gato e rato (Grimm, 1994);

- O irmão e a irmã (Grimm, 1994)

 

04.04

- A estrutura dos contos de fadas

- A teoria de Propp

 

Discussão dos textos:

- O saci (Lobato): capítulos XXI  (“Más notícias”) a XXVIII (“Desencantamento”);

- Os filhos de ouro (Grimm, 1961)

 

11.04

- A estrutura e o estilo dos contos de fadas

- As teorias de Alan Dundes e Max Lüthi

 

Discussão dos textos:

­- O ladrão-mestre (Grimm, 1994);

- A moça dos gansos (Grimm, 1994)

 

18.04

- Aspectos morais, mítico-religiosos, sociais, psicológicos nos contos de fadas

 

Discussão dos textos:

- Mãe Hilda (Grimm, 1994);

- Os três raminhos verdes (Grimm, 1961);

- A filha da Virgem Maria (Grimm, 1961);

- O rei sapo ou Henrique de ferro (Grimm, 1994)

 

25.04

- Aspectos morais, mítico-religiosos, sociais, psicológicos nos contos de fadas

- S. Freud e C. G. Jung

 

Discussão dos textos:

- As três penas (Grimm, 1994)

- Os sete corvos  (Grimm, 1994)

 

02.05

- O conto de fadas enquanto produção poética

 

Discussão do texto:

- O conto da serpente verde e da linda Lilie (Goethe)

 

09.05

- Deusas e bruxas

 

Discussão dos textos:

- A estátua de mármore (Eichendorff)

- A Vênus de Ille (Mérimée)

 

16.05

- Metamorfoses: herói e anti-herói

 

Discussão dos textos:

- Metamorfose (Hesse)

- A metamorfose (Kafka);

 

23.05

- A reinterpretação do mito

Discussão do texto: A lei (Thomas Mann)

 

30.05

- Eternidade e retorno

Texto: A invenção de Morel (Adolfo Bioy Casares)

 

06.06

- O retorno

- “Seqüência”: a viagem do eterno retorno a uma paisagem mítica (S. Motta)

- Seqüência (Guimarães Rosa)

- A terceira margem do rio (Guimarães Rosa)

 

13.06

Considerações finais

 

 

 

BIBLIOGRAFIA

 

Narrativas

CASARES, Adolfo Bioy. La invención de Morel. Buenos Aires, Emecé, 1968.

EICHENDORFF, Joseph von. A estátua de mármore. Manuscrito.

GOETHE, Wolfgang. O conto da serpente verde e da linda Lilie. Tradução de Roberto Ahmad Cattani. São Paulo: Landy, 2003.

GRIMM, Irmãos. Contos e lendas dos Irmãos Grimm. Tradução de Íside M. Bonini. São Paulo: Edigraf, 1961, 8 volumes.

GRIMM, Irmãos. Os mais belos contos de fadas de Grimm. Tradução de Maria Lúcia Pessoa de Barros. Rio de Janeiro: Casa Editora Vecchi, 1968.

GRIMM, Jacob e Wilhelm. Contos de Grimm. Tradução de David Jardim Jr. Belo Horizonte; Rio de Janeiro: Villa Rica, 1994 (Grandes Obras da Cultura Universal, 16).

HESSE, Hermann. Metamorfose. In: ______ Contos. Tradução de Angelina Peralva. 2. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1969. p. 125-131.

JAKOBS, Joseph (Sel.). O filho das sete rainhas. In: ______. Contos de fadas indianos. Tradução de Vilma Maria da Silva. São Paulo: Editora Landy, 2003. p. 131-142.

KAFKA, Franz. A metamorfose. Tradução e posfácio Modesto Carone. 14. ed. São Paulo: Brasiliense, 1993.

LOBATO, Monteiro. O saci. 21. ed. São Paulo: Brasiliense, 1968. p. 88-118.

MANN, Thomas. A lei. In: ______. Duas novelas - A lei e A enganada. Tradução de Lya Luft. São Paulo: Mandarin, 2001. p. 9-89.

MÉRIMÉE, Prosper. A Vênus de Ille. In: CALVINO, Italo (Org.). Contos fantásticos do século XIX. Tradução de Rosa Freire D'Aguiar. São Paulo: Companhia das Letras, 2004. p. 241-266.

ROSA, João Guimarães. Primeiras estórias. 15. ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2001.

 

Textos de comentadores ou teóricos

BACHELARD, Gaston. A água e os sonhos. Trad. Antonio de Pádua Danesi. São Paulo: Martins Fontes, 1998.

BETTELHEIM, Bruno. A psicanálise dos contos de fadas. Trad. Arlene Caetano Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1980.

BRANDÃO, Adelino. A presença dos irmãos Grimm na literatura infantil e no folclore brasileiro. São Paulo: IBRASA, 1995. (Biblioteca literatura e arte, 75).

BRANDÃO, Junito de Souza. Perseu e Medusa. In: ______ Mitologia grega. 5. ed. Petrópolis: Vozes, 1993. v. 3. p. 73-88.

CORTEZ, Maria Teresa. Os contos de Grimm em Portugal. Coimbra: Minerva, 2001.

DISCINI, Norma. Intertextualidade e conto maravilhoso. São Paulo: Humanitas, 2002.

DUMÉZIL, Georges. Do mito ao romance. São Paulo: Martins Fontes, 1992.

DUNDES, Alan. Morfologia e estrutura no conto folclórico. Tradução de Lúcia Helena Ferraz e outros. São Paulo: Perspectiva, 1996. (Debates, 252).

ELIADE, Mircea. Mito e realidade. Trad. Pola Civelli São Paulo: Perspectiva, 1972.

______. O sagrado e o profano. Trad. Rogério Fernandes. São Paulo: Martins Fontes, 2001.

EUROPE, Paris, v. 739/740 (Charles Perrault), 1990.

EUROPE, Paris, v. 787/788 (Les Frères Grimm), 1994.

FIKER, Raul. Mito e paródia: entre a narrativa e o argumento. Araraquara: Laboratório Editorial UNESP; São Paulo: Cultura Acadêmica Editora: 2000.

FRANZ, Marie Louise von. A interpretação dos contos de fada. 3. ed. Trad. Maria Elci Spaccaquerque Barbosa. São Paulo: Paulus, 1990.

FRYE, Northrop. Anatomia da crítica. Trad. Péricles Eugênio da Silva Ramos São Paulo: Cultrix, 1973.

GALVÃO, Walnice Nogueira. Do lado de cá. In: ______. Mitológica Rosiana. São Paulo: Ática, 1978. (Ensaios, 37). p. 37-40.

GUERREIRO, M. Viegas. Para a história da literatura popular portuguesa. Lisboa: Instituto de Cultura Portuguesa, 1978.

JOLLES, André. Formas Simples. Trad. Álvaro Cabral São Paulo: Cultrix, 1976.

JUNG, Carl Gustav. Os arquétipos e o inconsciente. 3. ed. Petrópolis: Vozes, 2003.

KOHNEN, Mansueto. História da literatura germânica. 3. ed. rev. e aum. Rio de Janeiro: Mensageiro da Fé, 1960. v. 1, p. 145-148.

LÉVI-STRAUSS, Claude. Mitologias. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2003.

LOPES, Eliane Marta Teixeira, GOUVÊA, Maria Cristina Soares de. (Org.) Lendo e escrevendo Lobato. Belo Horizonte: A Autêntica, 1999.

LÜTHI, Max. Once upon a Time – On the Nature of Fairy Tales. Trad. Lee Chadeayne e Paul Gottwald. Bloomington: Indiana University Press, 1976.

LÜTHI, Max. The European Folktale – Form and Nature. Tradução de John D. Niles. Bloomington: Indiana University Press, 1986.

MELETÍNSKI, E. M. A poética do mito. Trad. Paulo Bezerra Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1987.

______. Os arquétipos literários. Tradução Aurora Fornoni Bernardini, Homero Freitas de Andrade e Arlete Cavaliere Cotia: Ateliê Editorial, 1998.

MENDES, Mariza B. T. Em busca dos contos perdidos. São Paulo: Editora da UNESP; Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2000.

MOTTA, Sérgio Vicente. “Seqüência”: a viagem do eterno retorno a uma paisagem mítica. Revista de Letras. São Paulo, v. 39, p. 65-82, 1999.

PROPP, Vladimir. Morfologia do conto maravilhoso. Trad. Jasna Paravich Sarhan. Rio de Janeiro: Forense-Universitária, 1984.

______. As raízes históricas do conto maravilhoso. Trad. Rosemary Costhek Abílio e Paulo Bezerra. São Paulo: Martins Fontes, 1997.

ROMERO, Sílvio. Estudos sobre a poesia popular do Brasil. 2. ed. Petrópolis: Vozes, 1977. (Coleção Dimensões do Brasil, 8).

SIMÕES, I. G. Guimarães Rosa: as paragens mágicas. São Paulo: MCT/CNPq/Perspectiva, s.d.

SIMONSEN, Michèle. O conto popular. Trad. Luís Claudio de Castro e Costa. São Paulo: Martins Fontes, 1987.

THOMPSON, Stith. The Folklore. Berkeley: University of California Press, 1977.

VOLOBUEF, Karin. Um estudo do conto de fadas. Revista de Letras. São Paulo (UNESP), v. 33, p. 99-114, 1993.

WAJNBERG, Daisy. Jardim de arabescos: Uma leitura das “Mil e uma noites”. Rio de Janeiro: Imago; São Paulo: FAPESP, 1997.

WARNER, Marina. Da fera à loira: Sobre contos de fadas e seus narradores. Trad. Thelma Médici Nóbrega. São Paulo: Companhia das Letras, 1999.

ZIPES, Jack. Breaking the Magic Spell: Radical Theories of Folk and Fairy Tales Lexington: The University Press of Kentucky, 1979.

______. Fairy Tale as Myth, Myth as Fairy Tale. Lexington: The University Press of Kentucky, 1993.

 

 

 

Voltar à Página de Cursos

 

Voltar à Página Inicial