Make your own free website on Tripod.com

Relação de obras da literatura alemã disponíveis em traduções para o português

Voltar à Página Inicial

 

Romances e contos / Autobiografias / Cartas    -    Stefan Andres até Max Frisch (A-F)

ANDRES, Stefan. Nós somos utopia. Trad. Peral Ribeiro. Lisboa: Delfos / São Paulo: Herder, s.d.

BACHMANN, Ingeborg. Malina. Trad. Ruth Röhl. São Paulo: Siciliano, 1993.

BECKER, Jurek. Jakob, o mentiroso. São Paulo: Companhia das Letras, 2000.

BERNHARD, Thomas. O sobrinho de Wittgenstein. Tradução de Ana Maria Scherer Rio de Janeiro: Rocco.

­­­___. Árvores abatidas. Tradução de Claudia Martinelli. Rio de Janeiro: Rocco, 1991.

___. O náufrago. Tradução de Sergio Tellaroli. São Paulo: Companhia das Letras, 1996.

­­­___. Perturbação. Tradução de Hans Peter Welper e José Laurenio de Melo. Rio de Janeiro: Rocco, 1999.

___. Extinção: uma derrocada. Tradução de José Marcos Mariani de Macedo. São Paulo: Companhia das Letras, 2000.

___. Origem. Tradução de Sergio Tellaroli. São Paulo: Companhia das Letras, 2006.

___. Meus prêmios. Tradução de Sergio Tellaroli. São Paulo: Companhia das Letras, 2011.

BICHSEL, Peter. O homem que não queria saber mais nada. Tradução de Cláudia Cavalcanti. São Paulo: Ática, 2002.

BLUME, Rosvitha Friesen (seleção e tradução). Contos de Gabriele Wohmann. Florianópolis: EdUFSC, 2008.

BÖLL, Heinrich. Os hóspedes inesperados. Prefácio de Maria Adélia S. Melo. Trad. Mário Vilaça. Lisboa: Arcadia, 1960.

___. Bilhar às nove meia. Trad. João Carlos Assumpção. Lisboa: Aster, 1961.

___. Crianças também são civis? e outros contos. Trad. Álvaro Cabral. Rio de Janeiro : Expressão e Cultura, 1970.

___. O pão dos anos jovens. Trad. de Joaquim Campelo. Rio de Janeiro: Artenova, 1973.

___. Onde estiveste, Adão? Trad. Guttorm Hansen. Rio de Janeiro: Expressão e Cultura, 1973.

___. A honra perdida de Katharina Blum ou: possíveis origens e caminhos da violência. Trad. Klaus Schell. Rio de Janeiro: Artenova, 1976.

___. Fim de uma viagem. Trad. Reinaldo Guarany. São Paulo: Companhia das Letras, 1987.

___. O Anjo silencioso. São Paulo: Estação Liberdade, 2004.

___. Casa indefesa. Trad. Jorge Rosa. Lisboa: Livros do Brasil, s.d. (Coleção Dois Mundos, 89).

___. A honra perdida de Katharina Blum. 2. ed. Trad. Maria Helena Rodrigues de Carvalho. Mem Martins: Europa-América, s.d. (Livros de Bolso Europa-América, 239).

___. Contos irónicos. Trad. Veronika de Vasconcelos. Ed. bilíngüe. Mem Martins: Europa-América, s.d. (Livros de Bolso Europa-América, 346).

BORCHERT, Wolfgang. Die drei dunklen Könige / Os três reis magos. Tradução de Zelinda T.G.Moneta. Edição bilíngüe. Revista do Centro de Estudos Germânicos da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras. Marília (UNESP), p. 6-11, 1971.

BORCHERT, Wolfgang. Das Brot / O pão. Tradução de Maurília Galati Gottlob. Edição bilíngüe.  Revista do Centro de Estudos Germânicos da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras. Marília (UNESP), p. 40-45, 1971.

BORCHERT, Wolfgang. Nachts schlafen die Ratten doch / À noite os ratos dormem. Tradução de Zelinda T.G.Moneta. Edição bilíngüe.  Revista do Centro de Estudos Germânicos da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras. Marília (UNESP), p. 54-61, 1971.

BUSCH, Wilhelm. Juca e Chico; História de dois meninos em sete travessuras. Tradução de Olavo Bilac. 11. ed. São Paulo: Melhoramentos, s/d.

BRECHT, Bertolt. Romance dos três vinténs. Trad. Lya Luft. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1976.

BROCH, Hermann. Os sonâmbulos; Trilogia. Trad. João Gaspar Simões. Lisboa: Arcádia, 1965. (Encontro Especial, 3).

___. A morte de Virgílio. Trad. Herbert Caro. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1982. (Coleção Grandes Romances).

BRUSSIG, Thomas. O charuto apagado de Churchill. Porto Alegre: L&PM, 2005.

BÜRGER, Gottfried August. Aventuras do Barão de Münchhausen. Trad. Moacir Werneck de Castro. Belo Horizonte / Rio de Janeiro: Villa Rica, 1990. (Grandes Obras da Literatura Universal, 15).

CANETTI, Elias. Auto-de-fé. Trad. Herbert Caro. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1982. (Coleção Grandes Romances).

___. Massa e poder. Trad. Rodolfo Krestan. São Paulo: Melhoramentos / Brasília: Editora da Universidade de Brasília, 1983.

___. Vozes de Marrakech; Anotações sobre uma viagem. Trad. Marijane Lisboa. Porto Alegre: L & M, 1987.

___. A língua absolvida; História de uma juventude. Trad. Kurt Jahn. São Paulo: Companhia das Letras, 1987.

___. Uma luz em meu ouvido; História de uma vida (1921-1931). Trad. Kurt Jahn. São Paulo: Companhia das Letras, 1988.

___. O outro processo; As cartas de Kafka a Felice. Trad. Herbert Caro. Rio de Janeiro: Espaço e Tempo, 1988.

___. O todo-ouvidos; Cinqüenta caracteres. Trad. Herbert Caro. Rio de Janeiro: Espaço e Tempo, 1989.

___. O jogo dos olhos; História de uma vida (1931-1937). Trad. Sérgio Tellaroli. São Paulo: Companhia das Letras, 1990.

___. A consciência das palavras. Trad. Márcio Suzuki e Herbert Caro. São Paulo: Companhia das Letras, 1990.

___. Massa e poder. Trad. Sérgio Tellaroli. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.

___. Auto-de-fé. São Paulo: Cosac & Naify, 2004. (Coleção Prosa do Mundo).

___. As vozes de Marrakech. Trad. Samuel Titan Júnior. São Paulo: Cosac & Naify, 2007.

___. Canetti: O teatro terrível. São Paulo: Perspectiva. (Textos, 14).

 CARPEAUX, Otto M. (Sel. pref. e notas). Novelas alemãs. Trad. Alberto Denis, Albertino Pinheiro Jr., Maria Delling e Otto Maria Carpeaux. São Paulo: Cultrix, 1963.

 

Voltar à Página Inicial

 

CHAMISSO, Adelbert von. O homem que vendeu a sombra. In: Os mais belos contos românticos. Rio de Janeiro: Vecchi, 1945. p. 5-55.

___. O homem que vendeu a sombra. Trad. e Nota explicativa Waldir do Amaral Schmidt. São Paulo: Clube do Livro, 1964.

___. A história maravilhosa de Peter Schlemihl. Posfácio de Thomas Mann. Trad. e notas Marcus Vinicius Mazzari. São Paulo: Estação Liberdade, 1989.

DÖBLIN, Alfred. Berlim Alexanderplatz; A história de Franz Biberkopf. Trad. Lya Luft. Rio de Janeiro: Rocco, 1995.

___. Berlim Alexanderplatz. Trad. Irene Aron. São Paulo: Martins Editora, 2009.

DÜRRENMATT, Friedrich. A promessa; Réquiem pelo romance policial . Trad. Mário da Silva. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1961. (Biblioteca do Leitor Moderno, 10).

___. A pane / O juiz e seu carrasco. Trad. Stella Altenbernd. Rio de Janeiro / Porto Alegre: Globo, 1964.

___. A suspeita. Trad. Paulo da Costa Franco. Porto Alegre: Globo, 1964. (Coleção Catavento, 63).

___. A suspeita. Trad. Paulo da Costa Franco. São Paulo: Círculo do Livro, s.d.

___. Grego procura grega / A pane. Trad. Lya Luft e Stella Altenbened (respect.). Rio de Janeiro: Globo, 1986.

___. Justiça. Trad. Betty M. Kunz. São Paulo: Brasiliense, 1987.

___. O juiz e seu carrasco. Trad. Kurt Jahn. São Paulo: Brasiliense, 1990.

___. Vale do caos. Trad. Cláudia Cavalcanti. São Paulo: Companhia das Letras, 1991.

___. A tarefa. Trad. Sérgio Tellaroli. São Paulo: Companhia das Letras, 1992.

___. A pane – O túnel – O cão. Tradução, introdução e notas de Marcelo Rondinelli. São Paulo: Códex, 2003.

ECKERMANN, Johann Peter. Coversações de Goethe com Eckermann. Trad. Luís Silveira. Porto: Livraria Tavares Miranda, 1947.

EICHENDORFF, Joseph von. Sortilégio de outono. Tradução de José Marcos Macedo. In: CALVINO, Italo (Org.). Contos fantásticos do século XIX. O fantástico visionário e o fantástico cotidiano. São Paulo: Companhia das Letras, 2004. p. 33-47.

ENZENSBERGER, Hans Magnus. Mausoléu. A história do progresso em trinta e sete baladas. Tradução e prefácio de João Barrento. Lisboa: Cotovia, 2004.

FONTANE, Theordor. Effi Briest. Trad. Mario Frungillo. São Paulo: Estação Liberdade, 2013.

FRISCH, Max. Chamem-me Gantenbein. Trad. Maria Assunção Pinto Correia. Lisboa: Arcádia, s.d.

___. Stiller. Trad. Irene Aron. São Paulo: Siciliano, 1992.

 

 

Voltar à Página Inicial