Make your own free website on Tripod.com

Bibliografia sobre Regionalismo

ALBUQUERQUE JR., Durval Muniz de. A invenção do Nordeste e outras artes. Recife: FJN, Ed. Massangama; São Paulo: Ed. Cortez, 1999.

ALENCAR, Heron de. José de Alencar e a ficção romântica. In: COUTINHO, Afrânio (Dir.). A literatura no Brasil. 3. ed. rev. e aum. Rio de Janeiro: J. Olympio / Niterói: EDUFF, 1986. v. 3. p. 231-321.

ALMEIDA, José Maurício Gomes de. A tradição regionalista no romance brasileiro (1857-1945). Rio de Janeiro: Achiamé, 1981. (Série Universidade: Crítica Literária, 15).

ALMEIDA, Nelly Alves de. Estudos sôbre quatro regionalistas: Bernardo Élis, Carmo Bernardes, Hugo C. Ramos, Mário Palmério. 2. ed. ed. Goiânia: Imprensa da Universidade Federal de Goiás (UFG), 1985. (Coleção Documentos Goianos, 15).

AMORA, Antônio Soares. A literatura brasileira 2 (O romantismo). 5. ed. São Paulo: Cultrix, 1976.

ARRIGUCCI JR., Davi. O sertão em surdina (Ensaio sobre o O Quinze). Literatura e sociedade. São Paulo, v. 5, p. 108-118, 2000.

BOSI, Alfredo. Ficção: o conto regionalista e a prosa de arte. In: ___. A literatura brasileira 5 (O Pré-Modernismo). São Paulo: Cultrix, 1966. (Roteiro das Grandes Literaturas).

___. História concisa da literatura brasileira. 3. ed. São Paulo: Cultrix, 1994. p. 157ss, 232ss, 352ss, 481ss.

BRAYNER, Sônia (Org.). Graciliano Ramos. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira / Brasília: INL, 1977. (Coleção Fortuna Crítica, 2).

CANDIDO, Antonio, CASTELLO, José Aderaldo. Presença da literatura brasileira. 7. ed. São Paulo: Difel; Rio de Janeiro: Difusão Editorial, 1979. v. 3 (O Modernismo).

CANDIDO, Antonio. Ficção e confissão. Rio de Janeiro: José Olympio, 1956.

___. Tese e antítese. 2. ed. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1971.

___. Formação da literatura brasileira; Momentos decisivos. 6. ed. Belo Horizonte: Itatiaia, 1981. v. 2 (1836-1880).

___. Ficção e confissão. In: RAMOS, Graciliano. São Bernardo. 10. ed. São Paulo: Martins, 1989.

___ . Brigada ligeira e outros escritos. São Paulo: Editora da Unesp, 1992.

CHIAMPI CORTEZ, Irlemar. Narração e metalinguagem em "Grande Sertão: veredas". Língua e literatura. São Paulo, v. 2, p. 63-91, 1973.

CINTRA, Ismael Angelo Cintra. Consciência e crítica da linguagem: Graciliano Ramos. Revista de Letras. São Paulo (UNESP), v. 20, p. 49-57, 1980.

___. Discurso polifônico em Vidas secas. Revista de Letras. São Paulo (UNESP), v. 33, p. 91-98, 1993.

COELHO, Nelly Novaes. Solidão e luta em Graciliano Ramos. In: ___. Tempo, solidão e morte. São Paulo: Conselho Estadual de Cultura / Comissão de Literatura, 1964. (Ensaio, 33).

COSTA, Marta Morais da. O destino desenha a desumanização em “Os desvalidos”. Revista Letras. Curitiba (UFPR), v. 43 p. 25-34, jan-dez 1994.

COUTINHO, Afrânio et al. O regionalismo na ficção. In: COUTINHO, Afrânio. (Dir.). A literatura no Brasil. 3. ed. rev. e aum. Rio de Janeiro: J. Olympio / Niterói: EDUFF, 1986. v. 4. p. 234-312.

COUTINHO, Afrânio. O processo da descolonização literária. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1983. (Vera Cruz: Literatura Brasileira, 335).

___. O Modernismo na ficção. In: ___. (Dir.). A literatura no Brasil. 3. ed. rev. e aum. Rio de Janeiro: J. Olympio / Niterói: EDUFF, 1986. v. 5. p. 263-288.

___ (Dir.). Guimarães Rosa. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1991. (Coleção Fortuna Crítica).

COVIZZI, Lenira Marques. O insólito em Guimarães Rosa e Borges (crise da mimese / Mimese da crise). São Paulo: Ática; 1978. (Ensaios, 49).

CRISTÓVÃO, Fernando. Graciliano Ramos; Estrutura e valores de um modo de narrar. Brasília: Ed. Brasília / INL; Rio de Janeiro: MEC, 1975.

___. Graciliano Ramos; Estrutura e valores de um modo de narrar. 2. ed. Rio de Janeiro: José Olympio, 1976.

DACANAL, José Hildebrando. O romance de 30. 2. ed. Porto Alegre: Mercado Aberto, 1986. (Revisão, 7).

DIAS, Carmen Lydia de Souza. Paixão de raiz; Valdomiro Silveira e o regionalismo. São Paulo: Ática, 1984. (Ensaios, 102).

DUARTE, Eduardo de Assis. Jorge Amado: romance em tempo de utopia. Rio de Janeiro: Record, 1996.

EULÁLIO, Alexandre. O lugar de Simões Lopes. In: ___. Livro involuntário; Literatura, História, Matéria & Modernidade. Org. por Carlos Augusto Calil & Maria Eugênia Boaventura. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 1993. p. 247-250.

FILIPOUSKI, Ana Mariza et al. Simões Lopes Neto: A invenção, o mito e a mentira. Uma abordagem estruturalista. Porto Alegre: Editora Movimento / IEL, 1973. (Coleção Augusto Meyer, 2).

FREYRE, Gilberto. Manifesto regionalista de 1926. Recife, 1962.

GALVÃO, Walnice Nogueira. As formas do falso; Um estudo sobre a ambigüidade no Grande sertão: veredas. São Paulo: Perspectiva, 1972. (Debates, 51).

___. Insidiosa presença. In: ___. Saco de gatos; Ensaios críticos. São Paulo:Livraria Duas Cidades, 1976. p. 35-41.

___. De sertões e jagunços. In: ___. Saco de gatos; Ensaios críticos. São Paulo:Livraria Duas Cidades, 1976. p. 65-85.

___. Mitológica Rosiana. São Paulo: Ática, 1978. (Ensaios, 37).

___. Anotações à margem do regionalismo. Literatura e sociedade. São Paulo, v. 5, p. 44-55, 2000.

GAMA E MELO, Virgínius da. O romance nordestino e outros ensaios. João Pessoa: Universitária UFPB, 1980.

GARBUGLIO, J. C., BOSI, A., FACIOLI, V. Graciliano Ramos. São Paulo: Ática, 1987.

GOMES, Eugênio. Castro Alves e o sertão. In: ___. Prata de casa; Ensaios de literatura brasileira. Rio de Janeiro: A Noite, 1953. p. 31-44.

GOMES, Eustáquio. O mágico rio de Rosa. In: ___. Ensaios mínimos; Uma leitura de Machado de Assis, Guimarães Rosa, Raduan Nassar e outros autores contemporâneos. Campinas, SP: Pontes / Editora da Unicamp, 1988.

HOLLANDA, Aurélio B. de (Coord., notas e revisão). O romance brasileiro (De 1752 a 1930). Introdução de Octavio Tarquinio de Souza. Rio de Janeiro: Edições O Cruzeiro, 1952.

LEITE, Lígia Chiappini Moraes. Regionalismo e Modernismo. São Paulo: Ática, 1978. (Ensaios, 32).

LIMA, Luiz Costa. Nos Sertões da oculta “mimesis”. In: ___. O controle do imaginário: Razão e imaginação nos tempos modernos. 2. ed. rev. e ampl. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1989. p. 201-241. [Sobre Os sertões, de Euclides da Cunha]

LIMA, Rossini Tavares de. O folclore na obra de escritores paulistas. São Paulo: Conselho Estadual de Cultura, 1962. (Coleção Ensaio, 18). [O livro analisa os autores: José Piza, Cornélio Pires, Valdomiro Silveira, Leôncio Castelar de Oliveira, Francisco Damante, Carlos da Fonseca, João Phoca, Mário de Andrade]

LINHARES, Temístocles. 22 diálogos sobre o conto brasileiro atual. Rio de Janeiro: Livraria José Olympio Editora, 1973.

___. Diálogos sobre o romance brasileiro. São Paulo: Melhoramentos; Brasília: INL, 1978.

___. Do sertanismo romântico e outras manifestações realistas. In: ___. História crítica do romance brasileiro 1. Belo Horizonte: Itatiaia, 1987. (Coleção Reconquista do Brasil, 116). p. 139-163.

___. Os regionalismos. In: ___. História crítica do romance brasileiro 2. Belo Horizonte: Itatiaia, 1987. (Coleção Reconquista do Brasil, 117). p. 81-536.

LINS, Álvaro. O romance brasileiro contemporâneo. Rio de Janeiro: Tecnoprint, 1967. (Ediouro Culturais).

___. Valores e misérias das "Vidas secas". In: RAMOS, Graciliano. Vidas secas. 27. ed. São Paulo: Martins, 1970.

LUCAS, Fábio. O caráter social da ficção do Brasil. 2. ed. São Paulo: Ática, 1987. (Princípios, 13).

___. O caráter social da literatura brasileira. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1970. (Rumos da Cultura Moderna, 36).

MARTINS, Cyro. Visão crítica do Regionalismo. In: ___. Sem rumo. 6. ed. Porto Alegre: Movimento, 1997. p. 14ss.

MARTINS, Wilson. Graciliano Ramos, o Cristo e o Grande Inquisidor. In: RAMOS, Graciliano. Caetés. São Paulo: Record / Martins, 1976.

___. Um novo Valdomiro Silveira. In: ___. Pontos de vista (crítica literária). São Paulo: T. A. Queiroz, 1991. v. 2 (1956/1957). p. 171-182.

___. O novo regionalismo. In: ___. Pontos de vista (crítica literária). São Paulo: T. A. Queiroz, 1991. v. 1 (1954/1955). p. 456-462.

___. Um romance ambíguo. In: ___. Pontos de vista (crítica literária). São Paulo: T. A. Queiroz, 1992. v. 3 (1958/1959). p. 484-490.

___. O personagem quixotesco. In: ___. Pontos de vista (crítica literária). São Paulo: T. A. Queiroz, 1995. v. 9 (1971/1975). p. 57-61.

MEYER, Augusto. Nota sobre Euclides da Cunha. In: ___. Preto & branco. 2. ed. Rio de Janeiro: Grifo Edições / INL, 1971. p. 159-165.

MOISÉS, Massaud, PAES, José Paulo(Org.). Pequeno dicionário de literatura brasileira. 2. ed. rev. e ampl. São Paulo: Cultrix, 1987. p. 354-355.

MOOG, Viana. Uma interpretação da literatura brasileira. Rio de Janeiro, 1943.

OLIVEIRA, Valdeci Batista de Melo. Figurações da Donzela-Guerreira nos Romances Luzia-Homem e Dona Guidinha do Poço. 2001. (Mestrado em Teoria e História Literária) - Universidade Estadual de Campinas.

PEREIRA, Marcio Roberto. Regionalismo revisitado. In: CAIRO, Luiz Roberto et al. (Org.) Dispersa memória. Assis: Faculdade de Ciências e Letras , 2009. p. 61-73.

PEREIRA, Maria Lúcia Miguel. Prosa de ficção (De 1870 a 1920). Rio de Janeiro: José Olympio, 1950. (Coleção Documentos Brasileiros, 63). [vol. XII da História da Literatura Brasileira, sob direção de Álvaro Lins.]

PINTO, Rolando Morel. Experiência e ficção de Oliveira Paiva. São Paulo: Instituto de Estudos Brasileiros da USP, 1967. (Publicações do Instituto de Estudos Brasileiros, 5).

PONTES, Neroaldo (Org.) 100 anos: Graciliano Ramos. João Pessoa: CCHLA/Idéia, 1992.

PORTELLA, Eduardo et al. O romance de 30 no Nordeste. Fortaleza: UFC/PROED, 1983.

PUCCINELLI, Lamberto. Graciliano Ramos; Relações entre ficção e realidade. São Paulo: Quíron; Brasília: INL, 1975. (Escritores de Hoje).

RAMOS, Péricles Eugênio da Silva. Valdomiro Silveira e as origens do regionalismo sertanejo em nossa ficção. In: SILVEIRA, Valdomiro. Nas serras e nas furnas. 2. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira / Brasília: INL, 1975. p. XVII-XXXVI.

REVISTA de Letras. São Paulo (UNESP), v. 32, 1992. Volume dedicado a Graciliano Ramos.

RIEDEL, Dirce Côrtes. Introdução crítica. In: SILVEIRA, Valdomiro. Os caboclos. 3 ed. ed. Rio de Janeiro: Ed. Civilização Brasileira, 1962. p. XV-XXIV.

RODRIGUES, Rauer Ribeiro. Venturas e desventuras do regionalismo. In: ACÍZELO, Roberto; SALES, Germana. Literatura brasileira: região, nação, globalização. Campinas, SP: Pontes, 2013.

ROSENFELD, Anatol. Graciliano Ramos como poeta da seca. In: Letras e leituras. São Paulo: Perspectiva / Edusp; Campinas: Edunicamp, 1994 (Debates, 260). p. 137-147.

___. Jorge Amado. In: Letras e leituras. São Paulo: Perspectiva / Edusp; Campinas: Edunicamp, 1994 (Debates, 260). p. 149-154.

SANT'ANNA, Affonso Romano de. Análise estrutural de romances brasileiros. 3. ed. Petrópolis: Vozes, 1975.

SANTOS, Lívia Ferreira. Sagarana, um livro de dois mundos. Revista de Letras. São Paulo (UNESP), v. 28, p. 37-51, 1988.

SCHLAFMAN, Léo. Matéria e memória do cangaço. In: ___. A verdade e a mentira: Novos caminhos para a literatura. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1998. p. 206-209. [Sobre o romance Os desvalidos, de Francisco Dantas]

SCHWARZ, Roberto (Org.) Os pobres na literatura brasileira. São Paulo: Brasiliense, 1983.

SEGATTO, José Antonio; BALDAN, Ude (Org.). Sociedade e literatura no Brasil. São Paulo: Editora da UNESP, 1999.

SENA. André de. Assombramento - um conto fantástico brasileiro. Investigações (UFPE), v. 23, p. 125-134, 2010.

SILVEIRA, Agenor. Prefácio. In: SILVEIRA, Valdomiro. Os caboclos. 3 ed. ed. Rio de Janeiro: Ed. Civilização Brasileira, 1962. p. IX-XI.

SILVEIRA, Homero. Aspectos do romance brasileiro contemporâneo. São Paulo: Convívio; Brasília: INL, 1977.

SODRÉ, Nelson Werneck. História da literatura brasileira. 9. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1995. p. 323-326, 403-428, 653.

SPERBER, Suzi Frankl. A virtude do Jaguar: mitologia grega e indígena no sertão roseano. Remate de Males. Campinas, v.12, p.89 - 94, 1993.

___. O narrador, o espelho e o centro em Grande Sertão: Veredas. Gláuks - Revista de Letras e Artes. v. 1, p. 46-63, 1996.

___. Amor, medo e salvação. aproximações entre Valdomiro Silveira e Guimarães Rosa. Revista do Instituto de Estudos Brasileiros. n. 41, p. 97-120, 1997.

___. A busca da liberdade e as regras de direito em Grande Sertão: Veredas. Literatura Scripta. v. 5, n. 10, p. 334-342, 2002.

TELLES, G. M. O conto brasileiro em Goiás. Goiânia: Departamento Estadual de Cultura, 1969.

VERDI, Eunaldo. Graciliano Ramos e a crítica literária. Florianópolis: Editora da UFSC, 1989.

VERÍSSIMO, José. Literatura regional. In: ___. Teoria, crítica e história literária. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos; São Paulo: Edusp, 1977. p. 83-87. [o mesmo texto está no livro: VERÍSSIMO, José. Letras e literatos - 1912-1914. Rio de Janeiro: Liv. José Olympio, 1936. p. 18-25].

VICENTINI, Albertina. A narrativa de Hugo de Carvalho Ramos; Procedimentos de construção em "Tropas e boiadas". São Paulo: Ed. Perspectiva, 1986. (Debates, 196).

___. O Regionalismo de Hugo de Carvalho Ramos. Goiânia: Editora da UFG, 1997. (Coleção Quíron).

 

Bibliografia sobre Folclore 

Voltar à Página Inicial