Make your own free website on Tripod.com

BIBLIOGRAFIA SOBRE TRADUÇÃO

Voltar à Página Inicial

 

ABRALIC – Revista da Associação Brasileira de Literatura Comparada. São Paulo, v. 19, 2011. Disponível on-line.

ALVES, Fabio; MAGALHAES, Célia; PAGANO, Adriana. Competência em tradução. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2005.

ALVES, Fabio; MAGALHAES, Célia; PAGANO, Adriana. Traduzir com autonomia: estratégias para o tradutor em formação. 3. reimpressão, 1. ed. São Paulo: Ed. Contexto, 2009.

AMORIM, Lauro Maia. Tradução e adaptação. São Paulo: Ed. UNESP, 2006.

ARROJO, Rosemary. Tradução, desconstrução e psicanálise. Rio de Janeiro: Imago, 1993 (Biblioteca Pierre Menard).

___. Oficina de tradução – a teoria na prática. São Paulo: Ática (Série Princípios, 74).

AUBERT, Francis. As (in)fidelidades da tradução; Servidões e autonomia do tradutor. 2. ed. Campinas: Edunicamp, 1994.

AZENHA JR., João. Tradução técnica e condicionantes culturais: Primeiros passos para um estudo integrado. São Paulo: Humanitas / FFLCH/USP, 1999.

BARBOSA, Heloísa Gonçalves. Procedimentos técnicos da tradução: Uma nova proposta. 3. ed. Campinas, SP: Pontes, 2007.

BATALHA, Maria Cristina; PONTES JR., Geraldo Ramos. Tradução. Petrópolis: Vozes, 2007. (Coleção Conceitos Fundamentais).

BERMAN, Antoine. A tradução e a letra Ou O albergue do longínquo. Rio de Janeiro: 7Letras, 2008.

BLUME, Rosvitha Friesen; PETERLE, Patricia (Org.). Tradução e relações de poder. Tubarão: Copiart, 2013.

CÉSAR, Ana Cristina. Crítica e tradução. São Paulo: Ática, 1999.

GENTZLER, Edwin. Teorias contemporâneas da tradução. Trad. Marcos Malvezzi. São Paulo: Madras, 2009.

GUIMARAES, Newton Sabba. Tradução: Da sua importância e dificuldades. Curitiba: Juruá Editora, 2010.

LARANJEIRA, Mário. Poética da tradução. São Paulo: Edusp, 1993 (Criação e crítica, 12).

LISBOA, Maria Fernanda Araújo; BERGMANN, Juliana Cristina Faggion. Teoria e prática da tradução. Curitiba: IBPEX 2008. (Coleção Metodologia do ensino de língua portuguesa e estrangeira, 7).

MILTON, John. Tradução: Teoria e prática. 2.ed. São Paulo: Martins Editora, 1998.

MOSCA, Lineide do Lago Salvador. A preservação dos aspectos expressivos na atividade tradutória: uma aplicação a “Os sertões”, de Euclides da Cunha. Pandaemonium Germanicum. São Paulo, v. 1, p. 187-198, 1997.

MOUNIN, Georges. Os problemas teóricos da tradução. Trad. Heloysa de Lima Dantas. São Paulo: Cultrix, 1963.

OTTONI, Paulo. Tradução: A prática da diferença. 2. ed. Campinas, SP: Ed. da UNICAMP, 2005.

PAES, José Paulo. Tradução: a ponte necessária; Aspectos e problemas da arte de traduzir. São Paulo: Ática / Secretaria do Estado da Cultura, 1990 (Temas, 22).

PIETROLUONGO, Marcia Atalla. O trabalho da tradução. Rio de Janeiro: Contra Capa, 2009.

RÓNAI, Paulo. A tradução vivida. Rio de janeiro: Educom, 1976 (Pingos nos ii).

___. Escola de tradutores. Rio de Janeiro, 1956.

SATTIN, Marcio. Filosofia alemã e tradução. Uma entrevista de Rubens Rodrigues Torres Filho a Marcio Sattin. Cadernos de Filosofia Alemã. São Paulo, v. 1, p. 69-81, 1996.

SIMON, Iumna (Org.). Remate de males; Revista do Departamento de Teoria Literária. Campinas (UNICAMP), v. 4 (Território da tradução), 1984.

STOLZE, Radegundis. The Development of Translation Theories in Europe. Pandaemonium Germanicum. São Paulo, v. 2,. p. 309-328, 1998.

THEODOR, Erwin. Tradução; Ofício e arte. São Paulo: Cultrix / Edusp, 1976.

VENUTI, Lawrence. Escândalos da tradução. Bauru: Edusc, 2002.

VOLOBUEF, Karin; TRUSEN, Sylvia Maria; PANTOJA, Tania Sarmento (Org.). Tradução cultural e memória: estudos multidisciplinares. Rio de Janeiro: 7Letras, 2014.

 

 

 

Voltar à Página Inicial